Qual a melhor panela para cozinhar?

28 Fevereiro, 2018

Panela de Alumínio

Há muita controvérsia sobre o uso da panela de alumínio. De acordo com um estudo publicado pela Universidade de São Paulo (USP), as panelas de alumínio são capazes de liberar até 20 mg (quantidade 6x maior do que o indicado) de alumínio em alimentos cozidos por mais de 3 horas. No entanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que as doses de alumínio liberadas pelas panelas não trazem risco nenhum para a saúde.

As principais vantagens da panela de alumínio é que são leves e baratas. Infelizmente, também são mais difíceis de limpar.

Se você optar pela panela de alumínio, não se esqueça de verificar a procedência para garantir que está adquirindo um produto de boa qualidade, de empresas que seguem as normas técnicas para evitar o efeito danoso que a liberação do alumínio pode causar à saúde.

Panela de Inox

É composta por ferro, cromo e níquel. Entre as suas vantagens está a maior distribuição de calor. Seu fundo triplo faz a panela demorar para aquecer e também para esfriar, conservando melhor a temperatura.

Já a desvantagem está no fato de mancharem com mais facilidade, devendo ser secas imediatamente após a lavagem. Como a panela de alumínio, libera pequenas quantidades de níquel, ferro e cromo quando nova. Por isso, é importante ferver água na panela e descartá-la antes de efetivamente começar a cozinhar nela. O processo de ferver a água e descartá-la deve ser repetido pelo menos 3 vezes para garantir a eliminação dos resíduos.

Panela de Cobre

As panelas de cobre são boas porque, sendo o cobre um bom condutor de calor, mantém o alimento aquecido de maneira uniforme e por mais tempo.

Antes de fazer a sua compra, verifique se a panela de cobre é revestida com algum outro tipo de material (inox ou titânio). Esse revestimento é importante pois evita que o cobre se deposite no alimento durante o cozimento.

Panela de Vidro

Em questão de saúde são excelentes pois não liberam nenhum tipo de material prejudicial durante o cozimento dos alimentos. As desvantagens são a demora da passagem de calor para o alimento e o aquecimento que não é homogêneo. Além disso, é um produto caro e bastante frágil.

Panela de Ferro
A liberação de ferro pela panela é boa para a saúde no combate à anemia. Conservam melhor o alimento durante o preparo, além de serem muito resistentes, uma vez que não deformam com o calor. A desvantagem é que são muito pesadas e enferrujam com facilidade. A dica é comprar as que são esmaltadas.

Panela de Barro
Seu cozimento é lento. A panela de barro guarda muito bem o calor, sendo ideal para o preparo de alimentos com sopas, caldos e feijoadas. Além disso, podem ir ao forno também.

Panela pedra-sabão
A panela pedra-sabão é antiaderente e tem capacidade de reter o calor por muito tempo. Para a saúde, contribui na liberação de elementos nutricionalmente importantes como cálcio e ferro. Sua limpeza deve ser caprichada, uma vez que, por ser porosa, é capaz de abrigar microorganismos.

Panela Esmaltada
São feitas de ferro ou alumínio e revestidas com um esmalte que inibe a proliferação de bactérias, sendo perfeitas para o cozimento de alimentos pequenos, molhos e sopas.

Panela Antiaderente
A vantagem é o teflon, que diminuiu a necessidade do uso de óleo, tornando as receitas mais saudáveis. A desvantagem é que costumam descascar com o tempo, sendo necessária a substituição, uma vez que ao descascar o alumínio começa a entrar em contato com a comida.